1 de ago de 2017

Caminhoneiros fecham 6 estados em protestos contra o aumento de combustíveis

Alguns atos bloqueiam pistas em rodovias do país. Manifestações são parte de greve nacional dos transportadores de cargas.


Do G1 

Caminhoneiros fazem protestos em estradas do país nesta terça-feira (1º) contra o aumento dos impostos sobre os combustíveis, que encareceu o preço nos postos. Até as 10h30, havia registros de atos em rodovias de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso, Santa Catarina e Espírito Santo – alguns deles com bloqueio de pistas.

Protesto fecha rodovia BR-116, em Feira de Santana, nesta terça-feira (1º) (Foto: Fábio Santos/ Voz da Bahia)
No último dia 20, o governo anunciou um decreto aumentando a alíquota do PIS e Cofins sobre os combustíveis. A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro; a do diesel, R$ 0,21; e a do etanol, R$ 0,20 por litro.

O decreto chegou a ser suspenso por decisão de um juiz da 20ª Vara Federal de Brasília em 25 de julho. A Advocacia Geral da União recorreu e, no dia seguinte, o Tribunal Regional Federal (TRF-1) anulou a decisão que suspendia o aumento.

A mobilização também pede mais segurança nas estadas, preço mínimo para o frete e aposentadoria diferenciada para os caminhoneiros.

Os protestos de caminhoneiros ocorrem em ao menos três trechos de rodovias baianas, na manhã desta terça, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). A categoria realiza bloqueios no km 522 da BR-116, no trecho da cidade de Itatim; no km 422 da BR-116, em Feira de Santana; e no km 430 da BR-324, em Riachão do Jacuípe. Os bloqueios deixam o tráfego congestionado nas rodovias, segundo a polícia.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise