29 de mai de 2017

Temporal: Chuvas intensas matam ao menos seis pessoas em Alagoas e Pernambuco


As chuvas intensas que caem desde sexta (26) em Alagoas e Pernambuco deixaram, até a tarde deste domingo (28), ao menos seis pessoas mortas (quatro na Grande Maceió e duas em Lagoa do Gato, Pernambuco), em deslizamentos de barreiras.


Também há muitos desabrigados e desalojados – mais de 1.600 famílias (6.400 pessoas) em Alagoas e 1.000 (4 mil pessoas) em Pernambuco –, além de dezenas de feridos nos dois estados.

Duas pessoas estão desaparecidas em Caruaru (Agreste pernambucano).


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou, neste domingo (28), estado de calamidade em 13 municípios por conta das fortes chuvas que castigam o Agreste e Zona da Mata Sul. As cidades são: Rio Formoso, Ribeirão, Água Preta, Palmares, Catende, Maraial, Belém de Maraial, barreiros, Amaraji, Barra de Guabiraba, São Benedito do Sul, Cortês e Jaqueira.

O presidente Michel Temer cancelou a reunião que havia agendado na tarde deste domingo com o novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, para sobrevoar as áreas atingidas pela chuva em Alagoas. O presidente será acompanhado pelo governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), filho do senador Renan Calheiros (ex-presidente do Senado).

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise