Plantão

3 de mai de 2017

FERROU! Promotoria de Justiça abre inquérito contra Magno Bacelar por envolvimento em 'desvio de peixes'


O Ministério Público do Maranhão (MPMA), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Chapadinha, instaurou inquérito civil para apurar se houve favorecimento político na distribuição de peixes durante a Semana Santa, no município. O escândalo veio à tona após o vazamento de um áudio do deputado estadual Levi Pontes (PCdoB), em que ele menciona "quotas de peixe" que o atual gestor de Chapadinha, Magno Bacelar, teria distribuído a aliados.




Embora os peixes tenham sido adquiridos com recursos públicos de Chapadinha, o áudio mostra que o deputado intentava receber sua cota antes do caminhão de peixes chegar na cidade, para levar para outros municípios.

A Portaria nº 04/2017, que deu início ao inquérito, foi assinada pelo promotor de justiça Douglas Nojosa no dia 14 de abril . Segundo a mesma, o áudio de Levi Pontes foi crucial para a abertura das investigações, pois nele o parlamentar "revela que estaria recebendo quotas de peixe adquirido pelo município de Chapadinha para distribuição entre seus eleitores nos municípios de São Benedito do Rio Preto e Santa Quitéria".

Vale ressaltar que a distribuição de peixes pela Prefeitura de Chapadinha é realizada por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, atualmente comandada pela esposa de Levi, Isalena Aguiar (na imagem acima, entre o marido, à esquerda, e o prefeito).

A Promotoria classificou como "espúrio" o possível acordo entre Bacelar e Levi Pontes. Se confirmadas as suspeitas, ambos podem responder por corrupção, improbidade administrativa, desvio de recursos públicos e abuso de poder político com fins eleitorais.

Em razão do cargo, Levi responderá perante seus pares por ter mentido na tribuna da Assembleia Legislativa e corre sério risco de ser cassado. Quando a bomba explodiu ele alegou que a cota que receberia havia sido adquirida com recursos próprios e não públicos, porém foi desmentido pelo próprio prefeito Magno Bacelar, em entrevista ao JMTV.

Segue abaixo cópia da portaria de instauração do inquérito:



Extraído do Chapadinha online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Blogs parceiros