17 de mai de 2017

DESCASO: Pacientes permanecem em fila por horas a espera de médico no HAPA

Antenor Ferreira 

É um assunto até um pouco taxativo, mas infelizmente é algo que não podemos ocultar. O estado de calamidade que impera na saúde pública de Chapadinha/MA supera todas as condições que um ser humano pode suportar. 

A cada dia uma nova denúncia chega a nossa redação, exaltando o total descaso do atual prefeito Magno Bacelar (PV), com o principal setor da gestão pública. 

Ainda na manhã de ontem o Hospital Antonio Pontes de Aguiar (HAPA) foi palco de mais uma cena lamentável. Pacientes ficaram numa fila por horas, a espera de um médico, que segundo denunciantes demorou ao menos 3 horas para chegar a unidade. 

Filas intermináveis e zero atendimento no HAPA. Notem a presença de crianças na fila 

Alguns populares aguardaram na fila de antes das 07h da manhã, até por volta das 10h, quando enfim um profissional apareceu. Uma realidade bem diferente do que se via na gestão passada, quando havia dias em que até 4 profissionais, de diversas áreas, estavam à disposição dos pacientes. 

Uma fonte ligada a secretaria de saúde do município nos informou que com o enfim funcionamento da maternidade, que veio a funcionar somente após pressão desse blog e outros meios (Reveja AQUI) a situação tende piorar ainda mais. 

Os profissionais que estariam se dividindo entre o HAPA e UPA, de onde também já começam surgir reclamações, agora terão que atender também a maternidade, que ao contrário do que ilustra as fotos de veículos governistas, está longe de ser o paraíso esperado pelas mães chapadinhenses. 

Enquanto isso a população pena, a espera de dias melhores. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise