6 de abr de 2017

Em Campestre do Maranhão mãe é indiciada por aplicar castigo a filho suspeito de furto

O caso registrado ontem não é o primeiro envolvendo o adolescente de 13 anos



Em Campestre do Maranhão, uma mãe foi detida nessa quarta-feira (5) por bater e pôr de castigo o filho de 13 anos, suspeito de ter furtado um celular.

A mãe, Maria de Lourdes, de 66 anos, disse em depoimento que o adolescente teria aparecido em casa com um celular que ele disse ter achado. Ela ficou desconfiada porque o filho não trabalha.
A suspeita se confirmou depois que a vítima foi até a casa onde mãe e filho moram e afirmou que o celular era dela e que havia sido furtado. A mãe bateu no filho com um cinto e o obrigou a se ajoelhar em grãos de milho por uma hora. Para a polícia, a mãe relatou que essa não era a primeira ocorrência de furtos envolvendo o adolescente.
O Conselho Tutelar solicitou a prisão dela, que foi indiciada por agressão. 

Um comentário:

  1. Tantos problemas a mais mais este é ABSURDO, já que uma mãe fazendo um bem a sciedade possa ser tachada dessa maneira.

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise