15 de fev de 2017

Começando mal: Sem acordo 3 secretários municipais entregam o cargo em Santa Quitéria/MA

Antenor Ferreira

Contrariando todas as expectativas do eleitorado, o novo prefeito de Santa Quitéria/MA, Alberto Rocha (PDT), mal iniciou sua administração, pra já instalar uma crise em seu governo. 

Adotando uma postura desastrosa, onde se destaca notória rejeição em ouvir aliados, Alberto Rocha vem despertando sentimentos de decepção e repudia no eleitorado e aliados, numa situação que fez com que 3 secretários de governo entregassem os cargos., nos últimos dias. 

Por não terem autonomia para exercício de suas funções e ausência total de acordo com o líder do executivo, os então secretários municipais Dr. Junior Batos (saúde), Augusto Ribeiro (educação) e Melo (Transportes), abriram mão das funções, deixando o grupo do prefeito. 

Além dos 3 titulares das pastas acima, o secretário adjunto de saúde, José de Ribamar Oliveira, o "Didi", que na gestão da ex-prefeita Neidinha ocupou a pasta da Assistência Social, fazendo um trabalho histórico no município, também abandonou o barco. 

As perdas no alto escalão de Alberto Rocha escancaram o que muitos temiam: a incapacidade do prefeito de fazer uma gestão a altura do que esperava o povo quiteriense. 

Mesmo sendo eleito com grande aprovação popular, muitos temiam por um fracasso administrativo, dada a intransigência do líder do executivo com aliados e pessoas próximas, ponto muito negativo para um gestor, especialmente de primeira viagem. 

Resta aguardar e torcer para que o mesmo ajuste-se na cadeira que hoje comanda e atente para as reais necessidades do município, de forma a não perder os bons profissionais que ainda restam e garantir serviços de qualidade à população, que tanto sonhou com uma nova realidade em Santa Quitéria. 

2 comentários:

  1. Esses dois cidadãos tem reputação ilibada e são habilitados para exerce pastas executivas, pois ambos tem curso superior. Infelizmente, em se tratando de política não se observa esses requisitos. Contudo, não existe ilegalidade em aceitar pedido de desistência ou até mesmo a exoneração do cargo de Secretário, haja vista, ser uma cargo de livre exoneração pelo Chefe do Executivo. Ainda, que, quem entra no meu político está vulnerável a isso.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente esse senhor se aproveitou da inocência dessas pessoas carentes de tudo principalmente de serviços básicos como saúde e educação que é o básico e deu isso aí....

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise