13 de fev de 2017

CHAPADINHA: O retorno da câmara e a presidência marionete

Antenor Ferreira 

A câmara municipal de vereadores de Chapadinha/MA, deve retomar os trabalhos do legislativo, na próxima quinta-feira, 16. 

Durante o "merecido" recesso dos nobres edis não faltou reclamações nos bastidores, quanto a postura e atuação da nova presidente da casa, Professora Vera - "a mulher que não abera", como assim mencionava em seu slogan de campanha.   

A edil começou a despertar a ira dos colegas logo após a sessão de posse do prefeito Magno e nova mesa da câmara, quando passou a simplesmente ignorar os demais membros do legislativo e até o próprio posto, mostrando acima de tudo total desconhecimento de causa. Vera é uma estreante na política chapadinhense e seu mandato como presidente da câmara não promete empolgar muito. 

Bem, a situação chegou ao ponto de levar os demais membros da casa a convocar uma sessão extra, para cobrar da nova presidente uma postura mais plausível, perante o cargo lhe confiado. Uma possível ação de afastamento da presidente chegou a ser ventilada nos bastidores. 

 Até que deu certo. Porém, um pequeno detalhe passou a chamar atenção. 

Na última sessão extraordinária ocorrida na casa, que serviu para aprovar projeto de lei do executivo, para contratação de servidores (Reveja AQUI), Vera mostrou-se uma verdadeira "marionete". Calma que explico. 

Por ser estreante e não ter conhecimento do cargo hoje conquistado, Vera pediu socorro ao experiente, reeleito, ex-presidente da casa, Nonato Baleco. 

Por trás da mesa da nova presidente e até mesmo de sua cadeira, Baleco literalmente dita as regras durante as sessões, orientando passo a passo os comandos a serem praticados pela presidente, que deixa claro a ausência de capacidade, para exercício da função.  

O que se pode esperar é unicamente um mandato marionete, pois contrariando o slogan de campanha, Vera pode não demorar "aberar" o cargo, tendo em vista as pressões que podem recair sobre o legislativo, ao longo do ano em curso. Ainda mais se o ex-presidente que hoje controla seus comandos, derrotado por ela na disputa pela presidência da casa, resolver literalmente mexer os pauzinhos. 


É esperar pra ver o resultado. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise