10 de nov de 2016

Processo de Magno Bacelar será julgado dia 22; Relator e Ministério Público defendem impugnação

Antenor Ferreira 

O julgamento do processo que pede a impugnação do registro de candidatura de Magno Bacelar (PV), foi novamente adiado, porém com mostras claras de sua impugnação. 


O desembargador Raimundo Barros pediu vista do processo, que já havia recebido manifestação do Ministério Público (MP) pela impugnação do registro, e ainda do relator do processo, o juiz Ricardo Macieira, que também manifestou voto favorável a impugnação. 

O relator mencionou que Magno Bacelar não tem como alegar desconhecimento de sua situação de inelegibilidade, haja vista as próprias declarações em embargos, juntadas ao Tribunal de Contas da União (TCU), contra sua situação. 

Ouça: 


Tendo em vista o pedido, por via de regra o processo voltará a ser discutido no próximo  dia 22, quando os demais desembargadores darão o veredito final a situação do político. 

A prefeita Ducilene Belezinha e o secretário de infraestrutura e articulação política, Aluízio Santos, que haviam manifestado a nossa redação a confiança na corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), parabenizaram a postura do relator do processo, que foi firme ao reconhecer o erro cometido, votando a favor da impugnação. 

Aluízio Santos e Belezinha 
Aluízio Santos mencionou que a orientação do Ministério Público e também o voto do relator, mostram por si que o erro cometido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que não incluiu o nome de Magno Bacelar a lista de políticos inelegíveis, não ficará impune, fazendo valer a Justiça Eleitoral Brasileira

Belezinha e Aluízio reiteraram mais uma vez que estão confiantes no resultado do julgamento, que agora ocorrerá daqui há alguns dias.

Atualizada às 20:23h, para correção de data.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise