14 de nov de 2016

Polícia prende suspeito da morte de sobrinha de Sarney; Cunhado da vítima, empresário nega crime


Lucas Porto, empresário do ramo da Construção Civil,  foi autuado pela Delegacia de Homicídios como o único suspeito de ter assassinado por asfixia a cunhada Mariana Costa Araújo, 33 anos, filha do ex-deputado Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente Sarney. Segundo investigações policiais, ele teria levado a vítima para a igreja Batista do Calhau no período da tarde, deixando Mariana com as duas filhas em um apartamento na avenida São Luis Rei de França, no Turu. Voltou 15 minutos depois, onde permaneceu por 40 minutos. Ela foi encontrada morta, despida, na cama do quarto.


Vizinhos da vítima contaram que ele estava suado e muito nervoso quando chegou ao saguão do condomínio e fazia várias ligações. Hoje, pela manhã, policiais da Delegacia de Homicídios olharam os vídeos das câmeras de monitoramento e viram as imagens do Lucas Porto descendo pelas escadarias. Preso minutos depois, o corpo dele tem vários arranhões feitos por unhas, o que leva a polícia a acreditar que houve resistência por parte dela. Ainda não existem confirmações de tentativa ou de estupro.
Veja no vídeo abaixo o secretário de Segurança Pública, delegado Jefferson Portela contando os detalhes de como o caso aconteceu:

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise