21 de nov de 2016

Lanterna: Fora de casa Sampaio Corrêa perde para o líder da série B, Atlético-GO

Edson Júnior entra no segundo tempo e marca o gol da vitória do Dragão, que chega aos 73 pontos; campeão e lanterna da Série B jogarão em Goiânia na última rodada



No duelo do líder contra o lanterna da Série B, prevaleceu a força do Atlético-GO. Mesmo com time reserva, o Dragão bateu o Sampaio Corrêa por 1 a 0, fora de casa, e chegou aos 73 pontos no Campeonato Brasileiro. Campeão com antecedência, o time goiano se despedirá da Segundona e da torcida em 2016 no próximo sábado, contra o Bahia, no Estádio Olímpico. Já rebaixado com apenas 27 pontos, o Sampaio também fará sua última partida na temporada no Olímpico de Goiânia. Na próxima terça, o Tricolor visitará o Goiás, na abertura da última rodada.
Atlético-GO vence o Sampaio Corrêa fora de casa (Foto: Biaman Prado/O Estado)
Neste sábado, no estádio Castelão, em São Luís, as duas equipes fizeram partida fraca tecnicamente. Mas mesmo com equipe desentrosada, o Atlético-GO foi melhor e criou algumas chances já na etapa inicial com Marquinho e Thales. O Sampaio Corrêa parou no goleiro Marcos quando chegou ao ataque. No segundo tempo, o Dragão conseguiu balançar as redes com o garoto Edson Júnior, revelado pelo rival Goiás. Foi o suficiente para a conquista da 21ª vitória do time goiano no Brasileirão. 
Recheado de reservas querendo mostrar serviço para comissão técnica e diretoria, o Atlético-GO criou a primeira boa chance com Marquinho. Ele ficou com a sobra de bola dentro da área do Sampaio e chutou forte. A finalização, no entanto, saiu sem direção, rumo à lateral. O Tricolor arriscou com Guilherme Lucena, da intermediária, e depois em cabeçada de Thiago Santos. O árbitro marcou falta do atacante, mas o goleiro Marcos já havia feito boa defesa. O Dragão ainda chegou em jogada trabalhada aos 30 minutos em que Lucas Crispim carimbou a marcação e depois com o zagueiro Thales, que quase abriu o placar depois de escanteio.
Na etapa final, o Dragão foi melhor e ficou mais no ataque. O zagueiro Thales chegou a balançar as redes do Sampaio Corrêa, mas a arbitragem anulou o lance marcando falta. Aos 14 minutos, Lucas Crispim desviou cruzamento e obrigou o goleiro Rodrigo Ramos a fazer boa defesa. Aos 24, brilhou a estrela do técnico Marcelo Cabo. O atacante Edson Júnior, que tinha entrado em campo um pouco antes, chutou de primeira após boa troca de passes e abriu o placar para o campeão da Série B: Atlético-GO 1 a 0. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise