4 de nov de 2016

3 anos preso a uma cama: Amigo do piloto Michael Schumacher revela 'sinais encorajadores' de melhora

Piloto alemão está se tratando em casa, após sofrer um grave acidente em dezembro de 2013 

Do R7

Ross Brawn, ex-diretor técnico da Ferrari, concedeu entrevista à BBC nesta quinta-feira (3) para falar sobre o estado de saúde de Michael Schumacher. Brawn foi enfático ao dizer que o alemão mostrou "sinais encorajadores" em sua recuperação do grave acidente de esqui sofrido em 2013. 



"Há sinais encorajadores e rezamos todos os dias por vermos mais deles, então é difícil para mim dizer muito e respeitar a privacidade da família."

Em setembro deste ano, a família de Schumacher decidiu processar uma revista alemã por conta de uma publicação sobre o piloto alemão. 


A família de Michael Schumacher está processando a revista alemã Bunte, por uma publicação de dezembro de 2015 que afirmava que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 "era capaz de andar um pouco com ajuda de terapeutas". Durante o julgamento, que se iniciou nesta semana, Felix Damm, advogado da família, falou sobre o real estado de saúde de Schumi. 

Damm afirmou que o alemão não consegue andar e nem se levantar, nem mesmo com a ajuda de médicos. O advogado, porém, não foi muito além nas informações. Caso vença o processo, a família do ex-piloto pode receber uma indenização de até R$ 365 mil. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise