12 de out de 2016

"Se tem alguma falha na justiça dos homens a de Deus não tarda": No rádio Belezinha agradece os mais de 16 mil votos e garante continuidade de obras em Chapadinha

Antenor Ferreira 

Prefeita Belezinha concede entrevista nessa tarde
de quarta-feira, 12, a rádio Mirante de Chapadinha
Foto: Whatsapp 
Acabou agora a pouco a tão aguardada entrevista da prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha, na rádio Mirante, pós campanha eleitoral. A gestora mostrou tranquilidade e agradeceu aos mais de 16 mil chapadinhenses que depositaram o 10 nas urnas, no último dia 2 de outubro. 

Belezinha mencionou está confiante e tranquila do dever cumprido, tanto por ela como por sua equipe. 

Ela relembrou os desafios que enfrentou desde que assumiu a prefeitura no ano de 2013, quando essa estava totalmente inadimplente, situação que a obrigou a buscar de todos os meios a regularidade das contas públicas, inclusive com a negociação de quase 100 milhões em precatórias. 

Ela cutucou adversários que estão usando blogs para levantar indagações sobre processo de transição, dizendo que a suposta transição feita pela ex-prefeita Danubia Carneiro no ano de 2013, não passou de uma mera pose para foto, pois não recebeu nenhum relatório, ou documento sequer, obrigando o governo quase que a começar do zero a administração. 

A líder do executivo destacou que Chapadinha hoje se encontra com todas as contas em dias, preparada para qualquer administrador conduzi-la sem nenhum problema, pois todo sistema inclusive tributário encontra-se informatizado, as secretarias estão estruturadas físicas e humanamente, o que resulta numa prestação de serviços compatível as necessidades do povo. 

Indagada pelos comunicadores sobre sua ida a Brasília, logo após o período eleitoral, Belezinha relembrou que ainda durante a campanha vinha destacando que após as eleições iria a capital federal para "destravar" algumas obras, inclusive a entrega do restante das casas do residencial José de Sousa Almeida II, entre tantas outras que beneficiarão principalmente a infraestrutura do município, deixando claro que o trabalho irá continuar, até o fim de seu mandato.  

Belezinha rebateu o discurso usado por opositores durante campanha, que acabou sendo adotado por alguns eleitores contrários a seu governo, de que ninguém come praça, estrada, asfalto e outros tantos benefícios por ela implantados no município, dizendo que o agricultor que precisa de uma estrada para escoar sua produção, o morador que antes não tinha condições de sair de suas casas e outros, sabem a importância dessas obras. 

Cutucada ainda sobre o resultado das eleições, a prefeita voltou a mostrar inquietação com o resultado das urnas, dizendo estranhar que o candidato de oposição tenha obtido vitória com larga vantagem, enquanto que ainda no dia da eleição o que não faltava era demonstração de apoio à sua candidatura. 

Ela destacou que algumas denúncias foram protocolados contra o candidato eleito, Magno Bacelar, após ser constatado que ele concorreu de maneira 100% irregular as eleições, tendo inclusive fraudado documentos do Tribunal de Contas da União (TCU) e outros órgãos. 

Belezinha disse ainda não descartar a possível fraude de urnas nas eleições, por meio de hackers, que podem ter invadido o sistema, tendo em vista que cetenas de eleitores a procuraram, principalmente da zona rural, sem conseguir entender o por quê de mesmo em localidades as quais ela detinha de quase 100% do eleitorado, esses votos terem desaparecidos. 

Ela também destacou o grande número de ocorrências contra fiscais do candidato contrário que teriam votado no lugar de outras pessoas, o recolhimento de títulos eleitorais de pessoas que estão em meio ao grande e estranho número de abstenção, entre outros fatos que colocam em dúvida o resultado das eleições. 

A mandatária encerrou sua entrevista destacando que tudo está nas mãos da justiça, e que mesmo essa sendo falha, espera que o certo seja feito. 

 "Se tem alguma falha na justiça dos homens a de Deus não tarda". Afirmou Belezinha 

A entrevista da atual prefeita virou o assunto dessa tarde de feriado e deixou em aberto dúvidas pertinentes sobre o que pode ocorrer até o próximo 19 de dezembro, data de provável diplomação dos eleitos no município. 

Resta a nós aguardar o que vem por aí. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise