15 de out de 2016

Policial mata estudante de direito com um tiro na cabeça no PI


Na madrugada deste sábado (15/10), uma estudante de direito identificada como Suellen Marinheiro Lula, de 22 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça durante uma festa em um clube no bairro Novo Horizonte, na cidade de Valença (213km de Teresina). 

De acordo com informações, o suspeito de matar a jovem é um policial militar do Ceará que se negou a pagar R$ 5 para entrar no local da festa e iniciou uma discussão com o irmão da vítima, que é policial militar do Piauí. Suellen estaria tentando amenizar a confusão entre os dois quando foi atingida.
Suspeito do crime 
A polícia da área foi acionada até o local e confirmou os fatos. “O soldado da Polícia Militar do Ceará identificado por Rafael do Nascimento Oliveira Rosa chegou no local e não queria pagar por ser militar, foi onde iniciou a discussão. A jovem foi tentar separar e foi baleada na cabeça”, declarou o agente.
Depois de matar a vítima, o acusado ainda tentou fugir do local mas foi capturado por populares que ficaram revoltados com a situação. Em seguida, foi encaminhado para a delegacia de Valença.
Nas redes sociais, os amigos de Suellen lamentaram o ocorrido e prestaram homenagens a vítima.
Extraído do Portal Meio Norte 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise