13 de out de 2016

Briga por cadeira: Militar é internado em estado grave, após ser baleado em shopping no Rio

PM informa que policial foi responsável pelos disparos contra fuzileiro. A confusão ocorreu no Park Shopping, em Campo Grande, Zona Oeste.


Do G1 Rio

O fuzileiro naval Jonathas Macedo Rodrigues, de 37 anos, está internado em estado grave no Hospital Naval Marcílio Dias, no Méier, na Zona Norte do Rio. A informação foi divulgada no início da tarde desta quinta (13) pelo Comando da Marinha, no Rio.
Testemunha registrou sangue no chão do Park Shopping, em Campo Grande (Foto: Enviado por Whatsapp)
Jonathas Rodrigues foi baleado, na noite de quarta (12), em um shopping de Campo Grande, na Zona Oeste da cidade. De acordo com a Polícia Militar, Robson Rodrigues Alves, de 42 anos, foi o responsável pelos disparos contra o militar. O policial estava afastado da corporação desde o início do ano pelo setor de psiquiatria.
De acordo com a nota oficial divulgada pela Força, Jonathas Rodrigues é terceiro-sargento dos Fuzileiros Navais, tropa de elite da Marinha. Ele deu entrada na unidade hospitalar durante a madrugada após ser transferido do hospital Rocha Faria, na Zona Oeste.
Ao dar entrada no Hospital Marcílio Dias, os médicos precisaram drenar o tórax do militar,  vítima de lesão pelos tiros que sofreu no braço direito e no lado direito do peito.
"O militar, cujo quadro clínico é grave, precisará ser submetido a um procedimento cirúrgico e permanecerá internado em unidade de tratamento intensivo", informou a nota divulgada pela Marinha.
O policial militar Robson Rodrigues Alves foi preso pela Polícia Militar do Rio. De acordo com a PM,  o motivo do desentendimento foi uma disputa por uma cadeira na praça de alimentação do Park Shopping.
Disparos em shopping causam tumulto na praça de alimentação (Foto: Enviado por WhatsApp)Disparos em shopping causam tumulto na praça
de alimentação (Foto: Enviado por WhatsApp)
Afastado pelo setor de psiquiatria, Alves sequer poderia portar arma de fogo. A Polícia Militar ainda afirmou que a arma utilizada no crime sequer era a utilizada por ele enquanto estava na ativa. O PM, que foi identificado pelo comandante do batalhão através das imagens de câmeras de segurança, responderá três processos: civil, militar e de expulsão da corporação.
De acordo com testemunhas, o suspeito sacou a arma e efetuou os disparos, atingindo a vítima em três locais diferentes. Houve muita correria no local. O baleado foi levado para o Hospital Rocha Faria.
A corporação informou que a segurança no interior do shopping é particular. Em nota, a administração do ParkShoppingCampoGrande esclareceu que houve uma briga entre dois clientes na Praça de Alimentação e um deles foi baleado. "Este homem foi levado para o hospital pela ambulância do shopping. A administração está prestando assistência aos familiares."
Homem é baleado em shopping (Foto: Enviado por WhatsApp)Homem é baleado em shopping (Foto: Enviado por WhatsApp)

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise