18 de ago de 2016

"Na corda bamba": Em poucos dias câmara confirmará inelegibilidade de Magno Bacelar, o deixando definitivamente fora das eleições

Antenor Ferreira 

É cada vez mais complicada a situação do candidato Magno Bacelar (PV) no cenário político das eleições de Chapadinha/MA. 

Magno, que de cara se decepcionou e feio ao sentir na pele o fracasso do discurso do "já ganhou", tanto com a decepção no número reduzido de participantes em sua convenção, como na rejeição que tem sentido nas ruas, enfrenta agora o fantasma de sua inevitável inelegibilidade, adiantada em primeira mão por essa página, logo que o Tribunal de Contas do Estado (TCE), divulgou certidão mantendo a desaprovação de contas, do ex-gestor. (Clique AQUI para rever). 

Bom, mesmo com tudo isso Magno continuou com o discurso barato de que estava em dias com a justiça, apto a concorrer ao pleito. SQN - Só Que não! 

Se a situação de Magno já era complicada, apenas com a decisão do TCE, o consenso da corte do Supremo Tribunal Federal (STF) enterrou de vez qualquer chance de Magno Bacelar continuar na disputa. 

No último dia 10, o Supremo divulgou decisão que colocou sobre responsabilidade das câmaras municipais a aprovação ou não de contas de gestores, cabendo aos tribunais de contas dos estados (TCEs), auxiliar o legislativo emitindo parecer prévio e opinativo, que somente poderá ser derrubado por decisão de 2/3 dos membros das casas legislativas. Aqui o TCE fez bem sua parte. 

Se tratando de Chapadinha, Magno precisaria dos votos de 10 dos 15 membros do poder legislativo para reverter sua situação. "Pena" que tá mais difícil que leite de onça "Bigodão"!. 

Atualmente 6 dos vereadores que compõem o poder legislativo de Chapadinha, inclusive a atual presidente em exercício, Francisca Aguiar, fazem parte da base do governo. Isso sem mencionar o fato de na câmara haver um corrosivo combatente a corrupção e um imortal arqui-rival de Magno. 

Manim Lopes (PT) com certeza não decepcionará seu eleitorado, já que pretende retornar a casa. O parlamentar prega de maneira corrosiva o combate a corrupção e atos ilícitos de gestores e se tratando de Magno, nunca escondeu sua opinião. 

O outro calcanhar de aquiles é o imortal e inimigo político número 1 de Magno Bacelar, Marcelo Menezes., que escrevam: em hipótese alguma poderia favorecer Magno, haja vista que assim estaria dando um verdadeiro tiro no pé, atingindo ainda a própria mãe, a vice-prefeita Raimunda Maria, que também concorre ao pleito.

Mesmo Magno tendo ido a casa de Isaías pedir arrego, propondo complô contra Belezinha (Reveja AQUI), Marcelo Menezes, que por vezes usou a tribuna da casa para declarar sem medo que o político já deveria está preso, não votará a favor da aprovação de suas contas. 

E aí negrada, tem jeito? Só um milagre divino. 

Bom, acho que não preciso dizer mais uma vez que Magno está fora das eleições e por muito tempo, pelo andar da carruagem.

Ao pouco do eleitorado o qual ainda insiste em seguir o "candidato", resta aguardar até o próximo dia 12, prazo máximo para que o mesmo indique um novo substituto, já que em poucos dias a câmara com certeza publicará a desaprovação de suas contas. 

Parar ocupar "honroso" posto estariam no páreo Danubia Carneiro, cuja as más línguas dizem que também poderia ter candidatura impugnada, o deputado Levi Pontes, o também deputado Paulo Neto, que em Mata Roma ver a cada dia a sucessão de sua esposa ir ladeira abaixo, e o médico Talvane Hortegal, que atualmente é o companheiro de chapa de Magno. O detalhe é que, segundo fontes fidedignas, assim como fez no ano de 2008, quando causou racha no próprio grupo insistindo na candidatura de Danubia Carneiro, o "Bigode" defenderá mais uma vez o nome da amada, situação que já está causando atritos nos seus atuais forçados aliados. 

É aguardar parar ver o desfeche de mais um capítulo dessa novela, cujo o final resume-se em duas expressões: ADEUS MAGNO!!!

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise