17 de ago de 2016

Município de Alto Parnaíba/MA tem uma das maiores temperaturas do país, segundo Inmet

Nessa segunda-feira (15), termômetros marcaram 38,5°C na cidade.
Regiões do Maranhão têm alerta para baixa umidade do ar.



Além de altas temperaturas, baixa umidade do ar deixa região em alerta (Foto: Biaman Prado/O Estado)
A cidade de Alto Parnaíba (MA), no extremo sul do Maranhão, registrou uma das maiores temperaturas do país nessa segunda-feira (15). Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na cidade os termômetros chegaram a 38,5°C. Já Imperatriz (MA), no oeste do Estado, registrou uma das maiores temperaturas da região Nordeste. Na segunda maior cidade maranhense, a semana começou com 37,9°C.
Alerta é válido para quase 40 municípios do Estado (Foto: Reprodução/Inmet)Alerta é válido para quase 40 municípios do
Estado (Foto: Reprodução/Inmet)
Para esta terça-feira (16), além das altas temperaturas, há o alerta do Inmet para a baixa umidade relativa do ar. No período, ela pode variar entre 20% e 30%, o que é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) já como estado de atenção, com leve risco à saúde.
O aviso é válido para quase 40 cidades das regiões oeste, leste, sul e central do Estado. Os municípios afetados são: Alto Parnaíba, Amarante do Maranhão, Balsas, Barra do Corda, Benedito Leite, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Colinas, Estreito, Feira Nova do Maranhão, Fernando Falcão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Lagoa do Mato, Lajeado Novo, Loreto, Mirador, Montes Altos, Nova Colinas, Paraibano, Passagem Franca, Pastos Bons, Porto Franco, Riachão, Sambaíba, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas, São João do Paraíso, São João dos Patos, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, Sítio Novo, Tasso Fragoso e Tuntum.
Em situações de emergência, o instituto recomenda que se contate a Defesa Civil, pelo telefone 199.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise