30 de jun de 2016

BRUTAL: No Rio adolescente grávida é morta com mais de 10 tiros nas partes íntimas

Corpo foi encontrado sem sinais de violência sexual; exame vai confirmar gravidez

Do R7

Foi enterrado, na manhã desta quinta-feira (30), o corpo da adolescente Kelly Giselle da Silva, de 15 anos, encontrado em uma estrada de Queimados, na Baixada Fluminense, nesta terça (28). O sepultamento foi realizado no cemitério Vale da Saudade.


Segundo a DHBF (Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense), o corpo não tinha indício de violência sexual ou hematomas de agressões anteriores aos tiros. A vítima foi assassinada com mais de 10 tiros, todos concentrados na vagina. De acordo com o delegado Evaristo Magalhães, que acompanhou a perícia de local, também havia alguns disparos nas coxas e nos braços. A jovem estava vestida e a roupa intacta. 

Há um mês, Kelly comemorou a recente gravidez em uma rede social. Nos comentários, amigos parabenizaram a gravidez. A jovem se mostrava feliz. A Polícia Civil aguarda o resultado do laudo do IML para confirmar a gravidez. 


Em depoimento, o rapaz apontado pela família como namorado de Kelly negou que ainda estivesse namorando com ela. Segundo o delegado, os dois se encontraram no dia anterior ao crime. Mas na ocasião da morte, o rapaz, que é militar, estaria no quartel. 

O suposto namorado disse que Kelly se envolveu com um traficante da cidade no passado. Ele também citou a gravidez. A Polícia Civil investiga se realmente houve a relação e, ainda, o envolvimento do homem no crime. O traficante apontado como ex de Kelly saiu da prisão há poucos dias. 

Os familiares de Kelly e do suposto namorado também foram ouvidos. A maioria das testemunhas relatou que o relacionamento da menina com o jovem militar era de "idas e vindas" e com muitos atritos. A Polícia Civil afirma que ainda não descartou nenhuma linha de investigação. 


0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise