3 de abr de 2016

CÂMARA: Márcia Gomes garante divulgação dos trabalhos da casa e Samuel bate pesado em Irmão Carlos e "para-choque" Marcelo

Líder do governo teceu duras críticas aos parlamentares, que antes defendiam com unhas e dentes a atual gestão 

Antenor Ferreira 

Na tarde da última quinta-feira, 31, a câmara municipal de vereadores de Chapadinha/MA esteve realizando mais uma sessão. 12 dos 15 integrantes da casa fizeram-se presentes, numa sessão que começou calma, porém terminou com corrosivas críticas entre seus membros. 

Na pauta da casa merece destaque o projeto de lei de Nº 04/2016, de autoria do vereador Eduardo Sá, que trata da proibição de distribuição de material didático nas escolas públicas de Chapadinha, que abordem ideologia de gênero. (assunto que trataremos noutro post). 

O clima ficou quente mesmo após os discursos de Marcelo Menezes e Irmão Carlos. O último se dirigiu ao líder do governo, Samuel Nistron, dizendo que como evangélico que é, não poderia mentir em favor do atual governo. 

Montagem mostra vereadores Samuel Nistron, Marcelo Menezes e Irmão Carlos. Fotos: arquivo 

Ao usar a tribuna o líder do governo rebateu Irmão Carlos, dizendo que "crente é todo aquele que crê em Deus, como seu salvador" e criticou a postura do parlamentar, que segundo ele externou grande ódio em seu discurso, algo que segundo ele é indevido para quem se rotula evangélico, haja vista que a Bíblia condena essa pática, pregando o amor ao próximo. 

Samuel disse que Marcelo usa a tribuna da casa para pregar denúncias infundadas, as quais nunca dão em nada, dizendo que essas não passam de mentiras, que de tanto ali faladas pelo colega parlamentar, faz com que quem veja pense até que seja verdade. 

Foto arquivo 
Se dirigindo tanto a Marcelo como Irmão Carlos, Samuel disse ficar espantado ao ver tamanhas críticas a a atual gestão, vindas justamente do ex-líder do governo (irmão Carlos) e de Marcelo que se declarava o "para-choque" de Belezinha. 

Samuel disse ter a certeza que os colegas edis só estão hoje tecendo tais críticas, por não mais estarem compondo o governo, pois do contrário estariam defendo com unhas e dentes Belezinha e finalizou dizendo que a prefeita fez certo em tirar esses e outros de seu governo.

A presidente Márcia Gomes, que logo no início da sessão havia sido novamente indagada sobre as transmissões das sessões da câmara, via rádio, disse que ainda aguarda respostas da direção da emissora Cultura FM, adiantando que a câmara contará com um material impresso, que divulgará as ações dos parlamentares e trabalhos da casa. 

Presidente Márcia Gomes - Foto arquivo 

Márcia garantiu que os trâmites que colocarão a emissora de rádio da câmara no ar estão em andamento, assegurando que a população terá acesso ao que ali é discutido. 

Em suas considerações finais ela lamentou os ataques proferidos pelos parlamentares acima mencionados, pedindo mais cordialidade e união entre os membros da casa. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise