7 de mar de 2016

Mesmo com denúncias e acionamento do PROCON, postos de Chapadinha continuam a subir preços; Média por litro de gasolina ultrapassa os 3,90

Antenor Ferreira

É no minimo intrigante o que vem ocorrendo nos postos de combustíveis de Chapadinha/MA, nos últimos meses. 

Em novembro do ano passado publiquei aqui a nota "Preços abusivos de combustíveis em Chapadinha levanta suspeita de cartel", onde externava o incômodo de consumidores locais, que assim como esse que os escreve não encontrava resposta plausível para os progressivos aumentos no preço dos combustíveis, que a época superavam os R$ 3,70 por litro, preço que já colocava o município como detentor de um dos combustíveis mais caros do Baixo Parnaíba e estado. 

O mais curioso de tudo é que em municípios como Araioses, distante cerca de 220 Km de Chapadinha, que também recebe o combustível vindo da capital São Luís, os preços eram inferiores aos encontrados no município. 

A publicação repercutiu tanto que acabou sendo acatada pelo vereador Eduardo Sá (PRTB), que acionou a direção do PROCON, de nosso estado. O parlamentar esteve pessoalmente em audiência com o presidente do órgão fiscalizador em nosso estado, Duarte Junior, que a época disse já ter conhecimento dos possíveis abusos no preços do combustível comercializado no município, prometendo ações e anunciando a possível vinda de uma unidade do PROCON, para Chapadinha. (Acesse AQUI a referida matéria).

Pois bem, passados quase 4 meses, desde a denúncia do blog, infelizmente os consumidores de Chapadinha continuam sendo surpreendidos com súbitos e inexplicáveis "reajustes" no preços dos combustíveis, em especial a gasolina. 

Hoje pela manhã (07) me desloquei a um posto de combustível do município, o único onde ainda era possível abastecer ao preço de R$ 3,79 o litro e fui surpreendido ao ver o novo preço da gasolina, inacreditáveis 3,89., 10 centavos a mais, e detalhe: Havia abastecido no mesmo posto na tarde do último sábado, 05. 

O pior é que as surpresas, ou melhor dizendo decepções, prosseguiriam, pois ao procurar outro posto, dessa vez no bairro Areal, onde até a última semana ainda era possível abastecer pagando pouco mais de 3,80 por litro de gasolina, hoje a bomba estampava o valor de R$ 3,91, sendo que ainda ouvi de um dos bombeiros que em outros postos o valor estava ainda maior. 

Preços de combustíveis em Chapadinha beirando os 4 reais por litro 


Os aumentos são simplesmente inacreditáveis e injustificáveis. Vale recordar que o último reajuste oficial, anunciado pela Agência Nacional do Petróleo e Gás (ANP), foi em Setembro de 2015. De lá para cá em Chapadinha os aumentos simplesmente continuaram, colocando os consumidores locais numa verdadeira "sinuca de bico". 

O blog também fez questão de consultar o site da ANP e verificar a média de preços permitida pela agência em nosso estado. Segundo o site, a gasolina deveria ser comercializada em nosso estado ao preço médio de R$ 3,598, preço mínimo de R$ 3,249 e preço máximo de R$ 3,99, que com certeza já deve está sendo praticado por alguns postos do município. Confira no recorte abaixo:

Clique para ampliar 


A minha inquietação, é se esses são de fato valores que nós consumidores devemos pagar, haja vista a proximidade de Chapadinha, com os postos de distribuição de São Luís. 

O Blog Interligado espera que o quanto antes haja uma fiscalização do PROCON nos postos do município e deixa aberto o espaço a qualquer empresário do setor, que queira dá uma merecida justificava a sociedade chapadinhense. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise