11 de fev de 2016

Cansada de apanhar, mulher mata marido a marretadas, no RS

Polícia Civil investiga se crime foi em legítima defesa; caso aconteceu em Porto Alegre 

Do R7, com Rede Record

Uma mulher matou o marido com golpes de marreta dentro de casa em Porto Alegre (RS). A suspeita ter cometido o crime em legítima defesa pois havia cansado de ser agredida. O homem teria chegado bêbado em casa e tentado bater nela. 


No começo da madrugada de quarta-feira (10), Josino de Souza Bueno, de 69 anos, chegou em casa bêbado e tentou agredir a mulher, mas ela revidou. 

Gesi Francos matou o companheiro com golpes de marreta. A arma usada o crime era uma ferramenta de trabalho dele, que era pedreiro. 

Segundo vizinhos, as brigas do casal eram comuns, principalmente aos finais de semana, quando Bueno chegava embriagado.

No dia do crime, ninguém ouviu barulhos vindos da casa. Quando o casal brigava, a mulher saía correndo pedindo socorro e era ajudava pelos vizinhos. 

O casal estava junto havia 30 anos e tinha dois filhos, sendo que um deles morreu há um mês, vítima de um problema de saúde. De acordo com uma vizinha, Gesi era aconselhada a deixar o marido, pois era aposentada e não dependia dele. 

O assassinato aconteceu no quarto do casal. A polícia investiga se Gesi matou o marido enquanto ele estava deitado ou se o crime realmente foi em legítima defesa. A mulher foi presa em flagrante por homicídio. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise