17 de ago de 2015

GREVE: Sem acordo professores de Brejo vão às ruas exigir seus direitos; São mais de 60 dias em paralisação

Fotos e informações: 
via whats (99229 3650)

O clima em Brejo-MA entre educadores e poder executivo é de tensão e discórdia. Apesar das tentativas a classe até o momento não conseguiu acordo com o executivo, impossibilitando o retorno as salas de aula, o que obviamente traz enorme prejuízo ao município, que já sofre de deficiências em demais setores, como infraestrutura e saúde.

Educadores percorrem ruas de Brejo, exigindo seus direitos 
Na tarde do último sábado, 15, os educadores que estão em greve há mais de 60 dias, com apoio da Força Sindical, saíram mais uma vez às ruas, para protestar, exigindo seus direitos, entre os quais o pagamento de abono salarial, com as sobras do FUNDEB, do exercício financeiro de 2014.

Os grevistas percorreram  vários bairros de Brejo,  visando conscientizar à população da legalidade da Greve. Milhares de cópias da Liminar expedida pelo Desembargador Paulo Vélter, do TJ/Maranhão, que atesta a legalidade da Greve no município. 

O mais interessante é que, com tudo isso, o "Tirano do prefeito local", Omar Furtado, como assim é referido pela classe, se nega a pagar o Abono salarial para os Educadores, que chega a casa dos Seis mil Reais, por matrícula. 

Para os educadores esse dinheiro pode até parecer pequeno, mas é de direito, dos professores e não do prefeito de Brejo.

A greve dos profissionais da educação de Brejo, vêm recebendo apoio de sindicatos e movimentos de diversas partes do Maranhão.

Apoiadores do movimento grevista mandam o seguinte recado ao prefeito do município:

"Senhor prefeito de Brejo hoje você está no poder, mas amanhã não sabe como estará. Cuidado, pois quanto mas alto você está, mas grande é a queda. Todos os professores de Brejo continuarão sendo professores concursados, e você? Será lembrado apenas como uma pessoa. sem historia. O poder passa como o vento e não volta". 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise