28 de ago de 2015

Advogado Carlos Sérgio abandona defesa da prefeita de Bom Jardim/MA

Carlos Sérgio de Carvalho havia assumido a defesa na segunda-feira (24).
Lidiane Leite da Silva, 25, está foragida desde o dia 20 de agosto.



O advogado da prefeita foragida no Maranhão, Carlos Sérgio de Carvalho, informou, nesta sexta-feira (28), que se desligou do caso, de acordo com nota enviada ao G1 pelo escritório de advocacia C. S. C. B. Advogados Associados. Ele havia assumido a defesa de Lidiane Leite da Silva, de 25 anos, na segunda-feira (24). Ela está foragida desde o dia 20 de agosto, quando teve a prisão decretada pela "Operação Éden", da Polícia Federal.

Segundo o advogado, o escritório foi contratado exclusivamente para a impetração de habeas corpus perante o Superior Tribunal de Justiça(STJ).
"O que foi efetivamente realizado, não nos tendo sido informado seu paradeiro, pois nossa intervenção era estritamente jurídica”, disse.
pedido foi negado pela ministra Maria Thereza de Assis Moura. Na quinta-feira (27), Carlos Sérgio havia afirmado ao G1 que a prefeita estava estudando se entregar à Polícia Federal.
Veja a íntegra da nota abaixo:
Nota
A ética impõe a verdade e esta só tem uma face. Motivado por este princípio, o escritório Carlos Sérgio de Carvalho Barros Advogados Associados, em comum acordo com a família, decidiu na tarde de ontem (27) se retirar da defesa da prefeita Lidiane Leite da Silva, embora ainda pendente o exame de mérito do habeas corpus impetrado perante o STJ, cuja concessão da liminar foi negada, porque, segundo a ministra Maria Thereza de Assis Moura, nessa fase preliminar não seria possível “examinar profundamente as provas dos autos a fim de se concluir pela alegada ausência de autoria pela paciente” e “as demais questões suscitadas pela Defesa são complexas e demandam um exame mais aprofundado”, concluindo, assim, mais prudente reservar o exame da questão “ao órgão colegiado”.
 
Advogado abandona defesa de prefeita foragida no Maranhão (Foto: Joyce Mackay/G1)Advogado abandona defesa de prefeita foragida no
MA (Foto: Joyce Mackay/G1)
Esclarecemos que o escritório foi contratado pela família da prefeita exclusivamente para impetração de habeas corpus perante o STJ, o que foi efetivamente realizado, não nos tendo sido informado seu paradeiro, pois nossa intervenção era estritamente jurídica.

Reafirmamos que se encontram presentes os requisitos para a concessão do habeas corpus, face à fragilidade dos argumentos utilizados para a decretação da prisão preventiva.

Por fim, torcemos para que os fatos objeto da investigação policial sejam esclarecidos, e que Lidiane Leite possa ter garantido o direito de defesa e desfazer a imagem de que colaborou para a consecução de qualquer ilícito.

Vice toma posse
A vice Malrinete Gralhada (PMDB) tomou posse do cargo de prefeita de Bom Jardim (MA) na manhã desta sexta-feira. Ela foi empossada pelo juiz Cristóvão Sousa Barros, titular da 2ª Vara da Comarca, no fórum da cidade.

O juiz havia concedido, na quinta-feira (27), mandado de segurança determinando que a vice assumisse imediatamente a prefeitura. O Ministério Público já pediu a indisponibilidade dos bens e o afastamento de Lidiane por meio de duas ações civis públicas por improbidade administrativa.
Prefeita de Bom Jardim (MA) ostentava boa vida nas redes sociais (Foto: Fotos: Divulgação)Prefeita de Bom Jardim (MA) ostentava boa vida nas
redes sociais (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Luxo
Antes de se tornar prefeita, Lidiane teve uma vida humilde e vendia leite na porta da casa da mãe, em Bom Jardim. Ela assumiu se candidatou à prefeita depois que o namorado Beto Rocha teve a candidatura impugnada e acabou eleita.

Após assumir o cargo, começou a ostentar luxo na internet. A rotina de viagens, festas, roupas caras, veículos e passeios de luxo é incompatível com o salário de pouco mais de R$ 12 mil que Lidiane recebia como prefeita.
"Eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados", comenta a prefeita na internet. Em outro post, ela diz: "Devia era comprar um carro mais luxuoso pq graças a Deus o dinheiro ta sobrando (sic)".
Desvios
O caso de desvios em Bom Jardim ganhou repercussão nacional após uma reportagem exibida no telejornal Bom Dia Brasil mostrando a precariedade das escolas no município. A TV Globo obteve com exclusividade acesso a documentos da investigação de supostos desvios de recursos públicos da merenda escolar e da reforma de escolas.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise