17 de jul de 2015

Em Chapadinha a Oposição vive entre o Agouro e o Desespero

Enquanto o governo Belezinha cresce, a oposição se desequilibra 

Antenor Ferreira 

Há dias venho observando o cenário político chapadinhense, sem meter o "bedelho". Hoje, me veio a vontade de fazer um pequeno prognóstico da realidade atual, onde nota-se dois pontos: o crescimento do governo Belezinha e o desequilíbrio da oposição. 

Enquanto a administração pública anuncia mais um importante e inegável feito, a reforma total da praça da Bíblia, agora com vagas de estacionamento, lixeiras, novo paisagismo e internet wifi grátis, a oposição apela para discursos vazios e toscos.

DESESPERO

Não bastasse isso, a oposição se desequilibra, ao perder um dos seus mais imponentes pilares, o vereador Eduardo Braga (PT), que se nega a fazer a política do quanto pior, melhor. 

Numa recente publicação em seu blog, onde taxou pretensos candidatos oposicionistas de "cachorros grandes", Braga mostrou seu total descontentamento com a oposição, despertando a fúria do vereador Marcelo Menezes, que não escondeu sua ira nas redes sociais.

Em contato com nossa redação, o parlamentar foi enfático em dizer:

Não sou situação. Mas me recuso a fazer oposição no estilo "quanto pior melhor", desconsiderando a verdade factual para atacar o governo, torcendo contra a vinda do curso de medicina ou querendo eleger alguém pior do que Belezinha.


Acho que não preciso comentar. 

A parlamentar Missicley Araújo (PR), também surpreendeu ao assumir uma postura mais tímida, saindo da barca furada oposicionista. Ela também não concorda com o modo "operantis" da Oposição. Todos lembram que populares chegaram a ser usados durante manifestações na Trav. Coelho Neto, a fim de a qualquer custo atingir a imagem do governo. Tática que falhou e não caiu nada bem para a oposição, em especial pro deputado coronel, que se prestou ao papel de iludir o povo, com a promessa de asfalto pra via, usando sem autorização, o nome do governador Flávio Dino (PCdoB).

Distante do desespero e desequilíbrio que ronda a oposição, o governo Belezinha surpreende ao tomar fôlego e ganhar claro reconhecimento, em todo município. 

No último sábado, 11, Belezinha sacramentou uma importante aliança, com uma das lideranças mais imponentes da zona rural do município, Chico do Oh. O líder comunitário se rendeu ao trabalho desempenhado pela administração pública, dizendo: 

“A gente tem que dar o braço a torcer, porque ela tá trabalhando. E é mais que justo dar apoio pra uma pessoa que tá fazendo o bem pro município”.
Foto: Zé Ramalho

A reunião contou com a presença da prefeita Belezinha, do secretário de obras, Aluízio Santos, e outras lideranças, como a educadora Enir Lima, que recentemente aderiu ao grupo de situação, fortalecendo ainda mais a atual gestão. 

A adesão de Chico do Oh representa acima de tudo o prestígio da administração pública com a população da zona rural, muito beneficiada pelo atual governo. 

OBRAS E AVANÇOS

Em si tratando da cidade, a praça da Bíblia é apenas mais um dos importantes feitos da atual gestão. "A César o que é de César". 

Num pequeno apanhado, desmentindo a oposição, que por meio de blog busca a todo custo esconder os feitos da gestão, fato que inclusive resultou EM hilária charge (kkk), o governo Belezinha foi o único a por fim ao pesadelo vivido durante anos por moradores da rua 7 de Setembro, no bairro Campo Velho. Foi também essa administração que entregou o então "elefante branco", o ginásio poliesportivo, que por mais de 20 anos permaneceu no esqueleto. 

A atual administração pública também pavimentou diversas ruas do município, com asfalto, em especial nas áreas periféricas, melhorando a qualidade de vida dos moradores. Isso sem falar nas unidades básicas de saúde inauguradas, nas estradas vicinais que tiraram dezenas de povoados do isolamento, da urbanização dos canteiros centrais da avenida Senador Vitorino Freire, da construção da UPA no bairro Areal, que logo será entregue, reforma da praça da Bandeira (em fase de finalização), entre tantos outros notáveis e inegáveis benefícios. 

Dizer que a atual gestão não está fazendo nada, é burrice, ou de fato cegueira político-psicológica.

AGOURO

Resta a oposição de plantão o agouro a cada obra anunciada, na torcida contrária aos avanços do município. Para eles quanto pior para o povo, melhor, afinal o que está em jogo, com certeza não beneficiará a comunidade como um todo, mas sim um grupo ou família, a qual dispensa comentários. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise