23 de jun de 2015

FRIEZA: Após esquartejar ex, jovem diz que repetiria o crime com outra namorada

Suspeito relatou ter usado facão e serrinha para separar as partes, que escondeu sob colchão

Do R7, com Rede Record


Um jovem de 19 anos confessou ter esquartejado a ex-namorada após uma suposta traição em Cariacica (ES). O corpo da adolescente de 16 anos ficou escondido embaixo do colchão por um dia. Em entrevista à Rede Record, o suspeito afirmou que faria o mesmo com a próxima namorada.

— Se minha próxima namorada fizer isso, eu vou fazer a mesma coisa.


Mayara Silva de Jesus, de 16 anos, e Lucas Alves dos Santos chegaram a morar com a família da adolescente. Porém, como Santos não gostava de trabalhar, o relacionamento não durou.


O padrasto e a mãe de Mayara compareceram à delegacia. O padrasto disse que desconfiava de que Santos não tinha uma boa índole.

— Só não comentei porque eram coisas que ia ferir ela muito (sic). O padrasto criava Mayara desde os quatro anos de idade e se sentia como o pai da adolescente. 


Segundo os peritos, a adolescente foi espancada até a morte e esquartejada. O corpo foi encontrado dentro da casa de Santos, onde ela foi morta, na última quinta-feira (18).

Na Divisão de Homicídios, o suspeito confessou o crime e disse à polícia que matou a garota sozinho e sem premeditar. 

Os vizinhos contaram que um grupo de pessoas agrediu o suspeito e o irmão dele. A participação do irmão na morte da jovem não foi comprovada. Os dois foram encontrados amarrados em uma cadeira dentro da casa. 

Ele ainda afirmou que, depois de usar facão e serrinha, escondeu o corpo embaixo de um colchão por um dia.


Em entrevista à Rede Record, o suspeito disse que a jovem negou a traição, mas ele não acreditou nela.

— [Ela] disse que não traiu. Se não traísse mesmo, não estava onde está hoje.

Questionado sobre arrependimento, o suspeito demorou alguns segundos para responder, mas revelou que se arrepende “um pouco”.





0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise