16 de jun de 2015

Facções criminosas aterrorizam no Coroadinho e famílias abandonam suas casas, em São Luis


por Blog do Luís Cardoso 

Foto: divulgação
Homens ligados a uma facção criminosa fizeram uma verdadeira arruaça na noite desta segunda-feira (15) na região da Vila Natal, no Pólo Coroadinho. Segundo as primeiras informações, após depredarem duas residências, eles mataram um comerciante e feriram outras duas pessoas no local.
De acordo com os relatos, tudo teria começado após o comerciante identificado apenas como Giovane, de 45 anos, conhecido como Garimpeiro, ter sido apontado como “cagueta” pelo grupo.
Ele teria ficado responsável por uma residência naquela localidade, que, de acordo com as denúncias, já teria sido abandonada pelos moradores, após estes terem que saírem às pressas, expulsos por traficantes. Os relatos dão conta ainda de que vários casos semelhantes estariam acontecendo constantemente na região da Vila Natal, em São Luís.
Veja o relato inicial de um morador, do ocorrido desta noite na região da Pocinha.
“Quando a moça da primeira casa invadida ‘saiu’, a chave dela ficou com o comerciante, para o pessoal da família poder pegar algumas coisas dela. Então, numa segunda situação, agora a noite, foram tentar roubar o comércio do vizinho, o Garimpeiro, e um dos caras disse que ele era cagueta, foi quando começou toda a loucura”.
“Um dia antes, tinha um cara do PCM morando na Vila Natal. Descobriram ele e acabaram o espancando, então, a mulher dele saiu correndo com o bebê no colo e se escondeu na casa da vizinha. Os elementos acabaram descobrindo novamente que esta mesma vizinha tinha ajudado a mãe e o bebê e, por isso, ficou sendo jurada de morte, juntamente com seus filhos”.
“A mesma procurou logo fugir, para não morrer com as crianças, e deu as chaves para o comerciante, para que, quando parentes fossem lá, ele entregasse, e, também, para que ele vigiasse a casa”.
“Quando os parentes acabaram de recolher algumas coisas, por pouco não se depararam com os marginais, que chegaram na residência e fizeram o maior quebra-quebra, eram homens e mulheres, na hora. A polícia ainda foi acionada e então a confusão deu uma trégua”.
Mas, agora à noite, eles voltaram para terminar o serviço. Como se não bastasse, pelo o que se sabe, tentaram assaltar o comércio, que no momento estava fechado. Invadiram o estabelecimento e mataram o comerciante, e também esfaquearam um rapaz que estava lá e ainda espancaram e cortaram a esposa dele, Garimpeiro, conhecida como Josy”. 
Os Moradores disseram que a polícia, ROTAM, chegou ao local e prendeu dois meliantes. O pior: ao abrir o comércio encontraram a cena.. A mulher foi encaminhada mal para o hospital, mas o comerciante estava lá dentro, morto”, relatou o morador, que não quis se identificar.
Ainda de acordo com os moradores, vários casos semelhantes estariam ocorrendo nesta região do Pólo Coroadinho. Segundo eles, o local é de pouco acesso da Polícia, e de muito abandono do poder público.
O que, segundo as denúncias, acabam facilitando o livre trânsito de traficantes e pessoas ligadas ao consumo de drogas. Nos últimos dias, uma moradora identificada como Cláudia, proprietária de um bar, na Vila São João, também teve que deixar tudo para trás e, forçadamente, mudar de endereço com a família. Os que resistem, afirma a população, estão pagando com a própria vida.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise