16 de jun de 2015

Em vídeo presos de Pedrinhas “operam” parceiro com uma pinça de tirar sobrancelhas

Detentos ainda tentaram retirar bala alojada em um dos presos enfiando a ponta dos dedos na perna do parceiro de cela


Atual7 teve acesso, com exclusividade, a dois vídeos que mostram a situação desumana e de caos em que se encontra o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, governado há quase seis meses pelo comunista Flávio Dino.

Reprodução 
Nos quase nove minutos das imagens chocantes - que apontam ainda para o uso de celular dentro dos presídios maranhenses -, um preso aparece com uma bala alojada na perna direita, enquanto é "operado" por parceiros de cela que, com a ajuda de uma pinça para tirar sobrancelhas e um pedaço de linha tirada de uma toalha velha, tentam retirar a bala.

Antes de utilizarem os "materiais cirúrgicos", os detentos tentarem retirar a bala enfiando a ponta dos dedos na perna do preso. O registro foi feito no início do mês, e teria acontecido na Casa de Detenção (Cadet).

Espancamento

Além do preso ter sido mantido na cela mesmo baleado, o Atual7 apurou a existência de espancamentos e distribuição de produtos higiênicos vencidos para os detentos. A comida servida também é de péssima qualidade.

A violação grave aos direitos humanos também estaria acontecendo na Central de Custódia de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), no Anil. Ambas são comandadas por diretores indicados pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Maranhão, respectivamente, Ideraldo Gomes (Cadet) e Afrânio Feitosa (CCPJ), afastados pelo governo anterior e respondendo a processos administrativos pelo mesmo crime, mas ainda assim resgatados pelo atual governo.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para nós.

Pesquise